Relógio

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Eu sei, mas não devia...



Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.

(...)

A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora. A tomar o café correndo porque está atrasado. A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem. A comer sanduíche porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já à noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E, aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E, aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E, não acreditando nas negociações de paz, aceita ler todo dia da guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisava tanto ser visto. 

A gente se acostuma a pagar por tudo o que deseja e o de que necessita. E a lutar para ganhar o dinheiro com que pagar. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E a saber que cada vez pagar mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra.

(...)

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá. Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente molha só os pés e sua no resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito o que fazer a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.

A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele. Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se de faca e baioneta, para poupar o peito. A gente se acostuma para poupar a vida. Que aos poucos se gasta, e que, gasta de tanto acostumar, se perde de si mesma.

(1972)

(Texto de Marina Colasanti)


Recebido de Tãnia Regina (uma amiga virtual mto querida)

As críticas

Antes eu preferia ignorar.
Abaixava a cabeça, fechava os ouvidos e me irritava no segundo seguinte ao ouvir aquilo tudo. Críticas… Nem todo mundo está preparado para ouvi-las. Pior, não é qualquer pessoa que está acostumado a recebê-las e transformá-las em algo melhor em si mesmo. Até porque, nem toda crítica é construtiva. Tem gente que abre a boca pra falar mal (quase difamar) só porque não é capaz de fazer igual.
Acho que esse é o tipo mais comum, inclusive.
Entretanto, sempre tem alguém que olha os seus defeitos e te mostra onde se pode corrigir alguma falha. Isso e mais um monte de defeitos todos nós temos. Não é privilégio de ninguém ser isso ou aquilo, mas algumas pessoas buscam ser diferentes justamente para conviver melhor com outras. E quando alguém nos aponta algo de ruim de forma verdadeira e com amor e carinho, não há porque se irritar ou desprezar. Claro, podemos escolher entre absorver e buscar algo diferente ou fingir que não é conosco e pronto.
Vai de cada um e da necessidade de mudança.
Uma hora se aprende que nem tudo que toca uma ferida é pra machucar. Algumas vezes, é só alguém que está disposto a cuidar, mas sem ficar passando a mão na cabeça como se tudo estivesse bem.
(Gustavo Lacombe)

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Homem e Mulher



O homem é a mais elevada das criaturas;
A mulher é o mais sublime dos ideais.

O homem é o cérebro; a mulher é o coração.
O cérebro fabrica a luz; o coração, o Amor.
A luz fecunda; o amor ressuscita.

O homem é forte pela razão;
A mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convence, as lágrimas comovem.

O homem é capaz de todos os heroísmos;
A mulher de todos os martírios.
O heroísmo enobrece; o martírio sublima.

O homem é um código; a mulher é um evangelho.
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa.

O homem é um templo; a mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos;
Ante o sacrário nos ajoelhamos.

O homem pensa; a mulher sonha.
Pensar é ter no crânio uma larva;
Sonhar é ter na fronte uma auréola

O homem é um oceano; a mulher um lago.
O oceano tem a pérola que adorna;
O lago, a poesia que desnuda.

O homem é a águia que voa;
A mulher é o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço;
Cantar é conquistar a alma.

Enfim, o Homem está colocado
onde termina a Terra,
A Mulher, onde começa o Céu!...


(Victor Hugo)

Não sei...


Quem sou...
Sou certa ou errada....?
Não sei...
Sou chuva ou tempestade...
Não sei...
Sou poeta, louca ou sonhadora...
Não sei...!
Só sei que que sou chuva de felicidade...
que acalmo a tempestade.
Sou certa na hora errada.... 
sou errada nas horas certas.
Sou turbulência na tua vida... 
sou seu ponto fraco onde tu se faz forte
nas madrugadas debaixo dos lençóis.... 
Sou tudo aquilo que nunca quis ter
mas sou o amor que sempre sonhou em viver...
Sou nada diante de tudo que tens 
mas sou; "Mais que Tudo"
quando faço falta para tu dentro do vazio do teu mundo...
Sou poeta sonhadora a mulher que não sabe nada
sou nada mas sou poeta... sou mulher que te irrita, 
mas se perde nos meus olhos quando me vê
e, se alimenta quando tiro a roupa 
e como louco se veste em mim... 
Enquanto eu respiro tu!


O Quase


Ainda pior que a convicção do não
é a incerteza do talvez,
é a desilusão de um quase.
É o quase que me incomoda, que me entristece,
que me mata trazendo tudo que poderia ter sido
e não foi.

Quem quase ganhou ainda joga,
quem quase passou ainda estuda,
quem quase morreu está vivo,
quem quase amou não amou.
Basta pensar nas oportunidades
que escaparam pelos dedos,
nas chances que se perdem por medo,
nas idéias que nunca sairão do papel
por essa maldita mania de viver no outono.

Pergunto-me, às vezes,
o que nos leva a escolher uma vida morna;
ou melhor não me pergunto, contesto. 
A resposta eu sei de cor,
está estampada na distância e frieza dos sorrisos,
na frouxidão dos abraços,
na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados.

Sobra covardia e falta coragem até para ser feliz. 
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. 
Talvez esses fossem bons motivos para decidir
entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. 
Se a virtude estivesse mesmo no meio termo,
o mar não teria ondas, os dias seriam nublados
e o arco-íris em tons de cinza.

O nada não ilumina, não inspira,
não aflige nem acalma,
apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si. 
Não é que fé mova montanhas,
nem que todas as estrelas estejam ao alcance,
para as coisas que não podem ser mudadas
resta-nos somente paciência,
porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória
é desperdiçar a oportunidade de merecer.

Para os erros há perdão,
para os fracassos, chance,
para os amores impossíveis, tempo.
De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma.
Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. 
Não deixe que a saudade sufoque,
que a rotina acomode,
que o medo impeça de tentar.

Desconfie do destino e acredite em você.
Gaste mais horas realizando que sonhando,
fazendo que planejando,
vivendo que esperando porque,
embora quem quase morre esteja vivo,
quem quase vive já morreu.


( Luiz Fernando Veríssimo )

Quando falar de amor



Quando falar de AMOR, finja nada conhecer, para absorver cada frase que brote do coração. 

Quando falar sobre a DOR, deixe abertas as janelas da alma 
para compreender que amor e dor são tão parecidos 
que até os confundimos, ao vê-los bem de pertinho. 

Quando falar sobre a PAZ, faça-o no rumor da guerra, 
para ser ouvido na mais alta voz. 

Quando falar sobre SONHOS, acorde, 
para vivê-los na melhor lucidez do seu dia. 

Quando falar de AMIZADE, estenda a mão aos seus inimigos, 
para que possa provar a si mesmo aquilo que gosta de dizer aos outros. 

Quando falar de FOME, faça um minuto de jejum, 
para lembrar daqueles que jejuam todos os dias, 
mesmo sem querer. 

Quando falar de FRIO, abrace alguém. 
Quando falar de CALOR, estenda a mão. 

Quando estender a mão, sustenha o braço para que perdure.
Quando falar de FELICIDADE, acredite nela. 

Quando falar de FÉ, cerre os olhos 
para encontrar a razão daquilo em que crê. 

Quando falar de DEUS, faça-o pelo silêncio do seu testemunho. 

Quando falar de SI MESMO, aprenda a calar, 
para entender o amor, a dor, a paz, os sonhos. 

E ... que o Amor Único de Deus, inspire sempre 
Todas as Almas para o Bem...(Antonio de Aquino) 

(Nanato-Amadeus)

Amar é... Perdoar




O amor é basicamente do coração, mas todos nós temos tentado desviar-se do coração,  porque ele é lógico, não é racional.
               O coração não tem lógica, mas tem sensibilidade, perceptividade. E se a questão de escolha entre a mente e o coração se levanta, dê razão ao coração, porque a mente é uma criação nossa e está sujeita a erros.
               Se você ama uma pessoa, então você não interfere na privacidade dela. Você deixa intocada a privacidade dela.

                                        A exigência básica do amor é:
                                  "Eu aceito a outra pessoa como ela é". 

               O amor nunca tenta mudar a pessoa em função da gente. Você não tenta moldar a pessoa e deixá-la do seu jeito - o que tem sido feito em todos os lugares do mundo.
               Se você ama a pessoa, não existem condições. Se você não ama, quem é você para impor condições? O ciúme é algo feio que está por trás desta coisa linda que é o amor. Se apesar do ciúme o amor ainda permanece, então você tem algo valioso em sua vida, que vale a pena.

               Por que ser possessivo? A possessividade mostra simplesmente uma coisa - que você não consegue confiar. A confiança é certamente um valor mais alto e importante no amor. O amor é lindo quando acompanhado de confiança, porque o amor não pode existir sem a confiança.
               Estarem juntos é aprendizado enorme - em perdoar, em esquecer,em compreender que o outro é tão humano quanto você.



( OSHO )

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Felicidade...



[....]...Você já se preocupou alguma vez com a felicidade? Já envidou esforços para conquistá-la? Quem de nós não deseja ser feliz? Salvo os casos patológicos, as pessoas estão sempre em busca da felicidade, ainda que não se deem conta disso. Você já se preocupou alguma vez com a felicidade? Já envidou esforços para conquistá-la? Muitos de nós buscamos a felicidade distante de onde ela se encontra. A oportunidade de viver, de ter uma família, amigos, trabalho... A natureza, o sol, a chuva, a noite para o repouso, as chances de aprendizado em cada minuto que passa por nós. Até mesmo os obstáculos do caminho são motivos de alegria, por nos ensinarem a superá-los, preparando-nos para a conquista da felicidade perene, que a todos nos aguarda...♪♫

HOje...



Hoje vai ser melhor do que ontem. Sabe por que? Porque é tudo maravilhoso quando se tem uma nova chance! Uma nova chance para renovar suas esperanças, viver a vida com mais harmonia e transmitir a paz para todos em sua volta! Aproveite o dia! Bom dia com muita alegria!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Ninguém pede para ser traído


Ninguém pede para ser traído.
Ninguém assina um cheque em branco e diz: sacaneie-me. Pode ir lá, fazer o que quiser e depois voltar com cara de cão arrependido. Eu deixo. Existem os erros que todos cometem e, se não resolvidos ou reavaliados, acabam se transformando em mágoa e rancor.
A maioria nem mesmo são erros grotescos ou visíveis.
São pequenas rachaduras e infiltrações que vão comprometendo toda estrutura do casal. Alguns evoluem e decidem colocar tudo à baixo. Numa descabida proporção, ficam sedentos por vingança.
Agora… se vingar pra quê, do quê e por quê?
Quando se demonstra falta de interesse e vai se deixando de lado a quem antes se enchia a boca pra chamar de “meu amor”, a melhor opção do esquecido é a separação. Melhor que procurar outra cama, outros braços. Nenhum problema se resolve começando outro.
Melhor que dizer “você merecia coisa pior” é dizer “eu mereço coisa melhor” e sair de cabeça erguida.

(Gustavo Lacombe)

Gôsto não se discute


Gôsto não se discute.
No mínimo, se respeita. No máximo, se lamenta. E antes que você julgue alguém por um determinado comportamento, esteja preparado para ouvir o famoso “quem é você pra falar isso?”. Porque, muito além do que um padrão quadrado criado pela sociedade, o gosto é algo extremamente pessoal. Se o diferente lhe incomoda, problema seu. Se você não compreende como outra pessoa pode gostar de algo que não lhe agrada, também é problema seu. Se a sua opinião não foi pedida, não se preocupe dando-a.
Não confunda, no entanto, o que um monte de valores usados pelas pessoas de um maneira geral chama de belo ou de bom. Os conceitos vem sendo montados há décadas e, ao surgir o novo, é natural haver um movimento condenando ou taxando negativamente. O que nos vem mais facilmente a cabeça quando tratamos do assunto é beleza (lembrando o ditado “quem ama o feio, bonito lhe parece”) e música. Essas são duas seções de intermináveis discussões entre defensores de diversos estilos que culminam sempre na frase que abre esse texto: gosto não se discute.
Gostar de sertanejo, rock ou pagode não é defeito. Preferir uma mulher gorda ou um cara peludo também não. Os exemplos, claro, são intermináveis. As brincadeiras podem até ser saudáveis. Entre amigos, sempre há aquele com o gosto mais diverso. Há quem chame de exótico, de refinado e, por que não?, de estranho. E o que seria dos fetiches não fosse o gosto? Por mais que não se ache argumentos para reforçar a opinião acerca do gostar, o bom “porque sim” sempre pode ser usado.
Por que você gosta de poesia? Porque sim, ué.
A confusão só vai aumentar se incluirmos nisso o modo de falar, de agir, de vestir, ter ou não tatuagens, piercings e afins, ou se citarmos cinema, cerveja, literatura ou futebol. E essa é apenas a ponta do iceberg. Acredito que o problema, hoje, é que temos “especialistas” demais nas redes sociais. Somos todos phd’s da porra toda e doutores em crítica do caralho à quatro. Damos conselhos, dizemos qual caminho fulano tem que seguir para “se curar” de certos desvios de caráter que tem como base fundamental o gosto dele. Ah, vá à merda.
Agora, quando opinar sem ser chamado, é bom saber que sempre poderá vir voando – sem aviso algum logo após uma intromissão como essa – o melhor argumento e desfecho para qualquer discussão.
O bom e velho “Foda-se”.

(Gustavo Lacombe)

Não sufoque...


As pessoas precisam de espaço.
Espaço pra terem saudade, pra sentirem falta. Ninguém consegue se dar conta de que a presença da outra pessoa é realmente importante se ela está sempre ali. Você se acostuma, torna banal algo que deveria ser raro e especial. Não que um encontro precise acontecer só de tempos em tempos, mas marcar presença constante é sufocante. Como um lençol, que precisa amenizar o frio, não matar de calor.
Alguns de nossos pares funcionam assim: precisam estar longe para sentir o quanto querem estar perto. É estranho? Sim, mas te garanto que é perfeitamente entendível. Querem um tempo. O Tempo é tão único que cada um tem o seu. Enquanto estar ao redor de alguém não for bom pra um dos dois, tenha certeza que nada frutificará. Pelo contrário. Tentar agradar demais, elogiar demais, se mostrar disponível demais, apenas o fazem se tornar mais um rapidamente.
E isso nada tem a ver com saber – ou não – dar valor.
É apenas uma questão de dar espaço, como já dito. Nem todas as coisas precisam de você, aceite. A vida segue com ou sem a sua presença. Mas quando ela acontecer, que seja por uma boa causa. Ainda que ligações de madrugada, mensagens no meio da tarde e esperas na saída do trabalho sejam sempre bem vindas, tornar surpresas rotina acabam fazendo com que essas mesmas surpresas sejam banais.
Um “eu te amo” dito repetidas vezes enjoa. Claro que, em alguns momentos, pode-se gastar as palavras (acompanhadas de gestos, por favor!). Em outros, um olhar já diz tudo. A distância é craque em tornar palavras abraços. Quando não se pode estar perto, quer se estar presente de alguma forma. Mas nenhuma tecnologia vai substituir o físico. Assim, estar dentro do coração do outro é bem mais importante.
Valorizar o momento a dois é tão importante quanto compreender que os momentos sozinhos também são bons. Por mais que se construa uma estrada junto, cada um tem que fazer sua parte, tocar sua vida e assumir seus projetos. Para tal, é preciso saber onde começa e termina o quadrado de cada um. Querer um tempo para si não é egoísmo, nem tampouco prova de que não se gosta mais de alguém.
Às vezes é apenas uma mera necessidade.

(Gustavo Lacombe)

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Manual do Homem Imperfeito

tumblr_ldmz7cerPu1qa4mwlo1_500_large

Homem perfeito não existe.
Aliás, ele nem precisa ser perfeito. O que acontece é que, depois de fazer tudo por uma mulher, mover mundos, fundos e montanhas, ele cansa. Aí, acaba começando a tratar todas da mesma forma. Sem conseguir viver o grande amor que sonhou – sendo lá pelo motivo que for – ele acaba desiludido. Em resposta a esse mundo em que o amor lhe é tolhido, ele resolve ser cafajeste. E, segundo algumas mulheres, quanto mais cafajeste melhor.
Ele não vai precisar abrir as portas, fazer agrados e outros mimos. Quando a mulher gosta dele, mesmo que sem valer um único tostão furado, ele pode até errar, mas assim como dito no primeiro parágrafo, ela também cansa. Surge, então, a situação em que só se valoriza depois que perde. A lição? Até de quem não se gosta é preciso dar atenção e carinho (educação, no mínimo) se gostar da gente. Pode ser que tudo mude de figura.
Pedir perdão não é errado. Errado é ficar todo orgulhoso com a saudade nas mãos, o amor no peito e aquele ar de superior dizendo que fez tudo certo quando, se sabe, só se fez cagada. Às vezes, pede-se perdão por algo que o outro errou, mas só pra fazer as pazes. Ficar de bem vale muito mais do que uma noite mal dormida por conta de um desentendimento ou uma briga à tôa. O que pode durar uma vida toda não vale à pena ser jogado fora por conta de uma noite.
Até o homem mais romântico também procura aventura. Não é porque ele é Shakespeare e declama poesias no seu ouvido que ele não pode querer só ir pra cama contigo. Aliás, não é porque ela é moça de família e bem criada que ela também não possa ter as vontades do corpo e só desejar uma noite. Sexo faz parte. Na maioria das vezes, é um dos maiores detalhes de uma relação. E pode ser que seja só isso.
Ah, nenhuma relação sobrevive só de sexo. Nem sem ele.
Outra coisa. Se der medo de se entregar, analise as possibilidades. Acha que vai se ferrar? Pula fora. Acha que vale? Vai fundo. Pior do que ficar naquele chove não molha é fiar indeciso. Algumas pessoas mudam. Nenhum passado diz como vai ser o futuro. Acredite que ela tenha mudado. Mude se for preciso. Mas mude por você e pra ser definitivo. Continue mudando se preciso. Ninguém o mesmo. Talvez de um dia pro outro, mas nunca de ano em ano. Estamos em constante evolução. E pode ser que uma mulher chegue para mostrar tudo que você precisa mudar.
Saudade? Procura. Vontade? Procura. Errou? Desculpa. Acertou? Não fez mais que a obrigação. Cativou? É sua responsabilidade. Quer? Corre atrás. Não quer? Sinceridade. Ela não pode? Respeita. Ela faz charme? Vai até onde for conveniente, ninguém precisa aturar “doce”. É comprometido? Seja comprometido. Quer impressionar? Só uma rosa é pouco. É só um rostinho bonito? Que pena.
Não é preciso cozinhar, escrever poesias, tocar violão, cantar, conversar papos cabeça, ser atlético, saber tirar fotos, ter uma boa oratória, agradar os pais, gostar de gatos, ter todos os dentes, ter um passado perfeito, ter um futuro brilhante, estar num presente bom, jogar bola, ser sensível, gostar de filmes antigos, mpb, John Mayer, pizza de alho. Nada disso. Muito pelo contrário. Quanto mais coisas se puder aprender a gostar e a fazer com o outro, melhor se torna a parceria.
É CLARO QUE COISAS EM COMUM TAMBÉM SÃO BOAS, NÉ!
É preciso ser sincero. Ainda que eu não tenha sido um adepto praticante dessa religião durante um tempo, acredito hoje mais do que nunca e sem dúvida que é o melhor caminho. Sendo sincero consigo e com o outro, tudo corre melhor. Por mais dolorida que seja a verdade. Por mais que o “não sei” seja verdade. O “não” e o “sim” devem estar presentes. Quer? É sim ou não. Não uma teoria de como poderia ser se tivesse acontecido tal coisa.
Não existe manual.
Tudo que está aqui é só um pouco do que acho que precisa ser feito e como se deve agir. Nem sempre eu fui santo, mas tive que ver muita gente chorar sem merecer desperdiçar uma lágrima por minha causa pra aprender. Acho que decifrar o que sente e saber como lidar com as expectativas é fundamental. O “seja você mesmo” nunca esteve tão na moda. Numa época em que muita gente copia tentando ser o que não é, os autênticos se sobressaem.
(Lacombre)

Explicação ???



Não, o amor não tem explicação. Nem pra ir, nem pra vir, nem pra ficar ou partir. Nasce de lugares estranhos, em épocas estranhas e, por mais estranho ainda que pareça, sempre é justo. Bom, bem-vindo eu não sei. Há quem ache um karma, uma praga. Há quem se incomode, quem lute contra. Há quem aceite, abrace e incorpore o sentimento. Há de tudo. Sendo, então, toda forma de amor justa, não há porque se preocupar com as origens do amor. Não importa se foi no primeiro olhar, toque ou encontro. Na primeira palavra, na primeira noite ou seja lá o que for. À título de recordação, tudo bem. Sempre bom lembrar momentos exatos em que nossas vidas foram tocadas. Mas fundamental mesmo é não procurar uma razão para senti-lo. Se houvesse alguma lógica no amor, amor já não seria mais. Seria qualquer um desses sentimentos que você consegue racionalizar e controlar.


(Lacombe)

Basta estar Vivo...



O bom é que, para se apaixonar, não precisa ser sábado, não precisa estar sol, não precisa ser o melhor momento, não precisa ser o dia em que nos sentimos bem, não precisa querer, não precisa conhecer a outra pessoa tão bem, não precisa decontrato, não precisa de pré-aprovação de crédito, não precisa estar com o coração desocupado, não precisa de que os planeta se alinhem com a Terra. Aliás, não é preciso quase nada, nem ao menos saber o que é estar apaixonado. Mais, nem ao menos é necessário estar prestando atenção. A gente se apaixona, às vezes, sem nem ao menos perceber como isso aconteceu. Quando vê, já foi.

Para se apaixonar, basta estar vivo. 



(Gustavo Lacombe)

Vai achar...

Foto: Você vai achar que ele não foi feito pra você depois de uma briga, vai achar que ele é perfeito depois de uma noite inesquecível, vai ficar em dúvida depois de uma decepção, vai morrer de saudade depois de uma ligação de madrugada, vai ficar chateada depois que comprovar que ele esquece as datas importantes, vai ficar rindo à tôa quando ele se declarar na frente dos amigos, vai se sentir vulnerável depois de dizer que ama, vai morrer de ciúmes e se perguntar se ele é aquilo tudo que diz depois que o pegar conversando com outra, e vai achar mais um monte de outras coisas depois de outras.

Mas, antes disso tudo, vai ter certeza que é amor. Antes e depois. 

(Gustavo Lacombe)

#gustavolacombe #ideias #antesedepois #éamor


Você vai achar que ele não foi feito pra você depois de uma briga, vai achar que ele é perfeito depois de uma noite inesquecível, vai ficar em dúvida depois de uma decepção, vai morrer de saudade depois de uma ligação de madrugada, vai ficar chateada depois que comprovar que ele esquece as datas importantes, vai ficar rindo à tôa quando ele se declarar na frente dos amigos, vai se sentir vulnerável depois de dizer que ama, vai morrer de ciúmes e se perguntar se ele é aquilo tudo que diz depois que o pegar conversando com outra, e vai achar mais um monte de outras coisas depois de outras.

Mas, antes disso tudo, vai ter certeza que é amor. Antes e depois. 

(Gustavo Lacombe)

Simples assim...




O silêncio de um abraço apertado às vezes supera qualquer tentativa de dizer o quanto é grande um sentimento.

Se apaixone



Por mais que seja arriscado, burro ou perigoso. Por mais que seja uma estrada de mão única, esburacada e sem saída. Por mais que esteja escuro, frio e a solidão te abrace bem antes da pessoa em questão. Não se prive de viver e e entregar. Por mais que não cure uma ferida passada, não te dê perspectiva de futuro e só encha teu presente de um tipo estranho de preocupação. Por mais que o coração se divida, o pensamento se triplique e o corpo se feche para uma única pessoa. Não mate o que pode ser bom. Por mais que venha de não sei de onde, sabe-se lá porquê e sem motivo nenhum pra ficar. Por mais que esteja fora de moda, seus amigos digam que não vale à pena e os conselhos não sejam dos mais animadores. Você só vai saber se tentar e meter a cara. Por mais que seja por alguém desconhecido, quem ressurgiu do passado ou pela mesma pessoa todos os dias.

Se apaixone.

(Gustavo Lacombe)

Mulher não corre atrás de homem !!!

Resultado de imagem para mulher correndo atrás de homem


Se tem uma coisa que me tira do sério é ouvir mulher dizendo “Ele não me ligou! O que é que eu faço?”. Será possível que você não entenda que a resposta é NADA!!!! Mulher não liga pra homem minha filha!!!! Não liga, não manda sms, não manda “indireta” pelo Facebook, nada disso. Nada, nada, nada!!! Entendeu? Não????? Quer saber o por quê? Então vamos lá…

Na primeira vez em que me dei conta de que existem mulheres nesse mundo que não sabem disso, fiquei tão perplexo que levei tempo para acreditar que não era uma pegadinha. Minha amiga V. é uma mulher que se encaixa perfeitamente no perfil do público alvo desse Blog (ler post “Homens, um mistério?”). Executiva de uma grande multinacional, 32 anos, sem filhos, sem casamentos, vivência de mais de 4 anos no exterior, moradora do Leblon, leva uma vida que muitas mulheres pediram a Deus e para as quais de nada adiantaram suas preces. Pois bem, com todo esse “curriculum”, no dia em que conversando num bar eu lhe disse “Mulher não liga pra homem!” ela olhou para mim como se estivesse presenciando uma aparição da Virgem Santíssima!!!! “Como assim amigo?!?!?!Ao explicar para ela como os homens decodificam os telefonemas/sms/status do Face/etc… me senti como se estivesse revelando ao mundo a verdadeira história do assassinato de JFK, a fórmula da Coca-Cola ou algo parecido tamanha a incredulidade da criatura me ouvia falar.

Em primeiro lugar vamos deixar bem claro por qual motivo ele não te ligou:PORQUE ELE NÃO QUIS!!!!!! Enquanto você ficou desesperada pensando coisas do tipo: ”Será que aconteceu alguma coisa, um acidente?”, “Será que ele tentou me ligar várias vezes e não conseguiu, tadinho”, “Será que ele ficou chateado com alguma coisa que eu disse ou fiz?”, “Será que está acontecendo alguma coisa no trabalho ou na família dele que eu não estou sabendo”?. Eu posso te garantir que NADA disso aconteceu e mais, que o malandro estava vivinho da Silva, sem problema algum, feliz da vida provavelmente num bar com os amigos ou te dando (ou tramando) um tremendo balão. Não tem nenhuma outra alternativa, se houvesse você teria sabido. Por ele mesmo! Porque se le quisesse falar com você ele teria ligado!!!!

Agora, não vamos fazer disso uma tempestade num copo d’água sobretudo se você estiver nas primeiras 3 ou 4 semanas saindo com ele. Nessa fase inicial, ainda mais nos dias de hoje com essa mulherada caindo encima dos homens como estão, é muito comum que o imbecil se sinta no direito de usar (e abusar) da faculdade de reforçar o próprio conceito de liberdade (Tradução: faço o que quero e não dou satisfação pra ninguém!). Esquece toda a baboseira que ele certamente já te disse (“você é especial”, “você é diferente das outras, com você eu quero uma coisa séria não essa loucura que rola hoje em dia….”). Esses malandros já aprenderam a dizer as coisas que vocês gostam de ouvir de quem escolheram ou decidiram dar uma chance. É tudo padrão, ele não acha nada disso. Mas pode vir a achar se você souber SE DIFERENCIAR DAS OUTRAS.Como? Não fazendo nada!!!!

Sabe o que os homens pensam quando encontram várias ligações/sms/recados seus desaforados no dia seguinte? “Ah, essa aí tá presa forte no anzol”, “Caraca, o que é que eu vou inventar dessa vez”, “Ih, melhor dar um trato nessa antes que ela fique brava”. Nunca passa na cabeça de um homem que você ficou preocupada com o estado de saúde dele ou pior, profundamente ferida e magoada pelo que ele fez. Nunca!!! Ele sempre acha que vai ligar alguma hora, ouvir você reclamar um montão e que o seu “xilique” vai passar no dia seguinte…. Sabe por que ele pensa assim: Porque mulher não corre atrás de homem minha filha!!!!


O homem quando quer liga! Liga e combina o finde já na quarta-feira. Se ele está realmente interessado em você não vai querer dar a chance pra você arrumar um outra programação ou que algum outro cara apareça antes pra marcar.Homem quando quer liga!!!!! Por isso se o cara não te ligar até a quinta-feira (e olha que eu estou sendo muito benevolente aqui) você tem que fazer com que ele entenda que você não está o tempo todo à disposição dele não. E ele vai entender se você não fizer NADA: nem ligar, nem mandar sms, nem deixar recado na secretária e nem muito menos mandar recado por terceiros de que você ficou brava/decepcionada/puta porque ele não ligou. NADA, NADA, NADA! Quer ver só?

Se você não ligar/não mandar sms/não der sinal de vida o finde inteiro mas o cara acha que você tá louca por ele, no domingo à noite ou na segunda-feria, depois do balão e curada a ressaca, ele vai pensar algo do tipo: “Ué, fulana não ligou, não deixou mensagem…. Estranho”, “Como assim não me ligou? Achei que ela ia ficar puta comigo….”, “Não ligou? Será que tem alguém no pedaço?”.Se ele não ligar nunca mais, levanta as mãos para os céus e agradece ao Senhor Onipotente por ter lhe impedido de gastar o seu precioso tempo com esse traste!!! Se ele ligar, e eu te garanto que vai se vocês já estão saindo há algum tempo, saiba que ele ligou porque você agiu de forma inesperada para ele. Você se diferenciou das outras que ele anda pegando por aí que estão sempre à mão e agora ele vai querer garantir que você ainda está na dele (imbecil!!!). Pode parecer ridículo (E É!!!) mas não adianta lutar contra a natureza desse primata. Se você não der na cara que sentiu falta da companhia dele, essa besta vai querer te conquistar ou reconquistar. E é aí que as mulheres inteligentes constroem o caminho para que o homem se apaixone de verdade: criando um ambiente no qual o cara seja permanentemente desafiado na sua “capacidade” de conquistar. Quanto mais difícil fica, mais a mula gosta. E tem sempre que ter um novo desafio, um “lugar” aonde ninguém chegou antes. Você dever estar rindo de tudo isso mas é a mais pura verdade.

Agora, se você fica correndo atrás do cara, demonstrando que ficou chateada porque ele te deu um chá de sumiço, se descabelando de ciúmes pelo telefone, deixando recados pra ele bêbada na madrugada pra ele, é claro que nada vai mudar. Cadê o desafio? Cadê a mulher que ele tem que conquistar? Você entrega tudo de mão beijada pra ele, mostra que atura qualquer balão, qualquer cagada que ele faça, berra, grita, dá piti e depois volta pra ele, o que você quer que aconteça? Que ele entenda que você o ama como nenhuma outra mulher???? Minha filha você está lidando com um mongoloide emocional!!!!!! Homem só entende a lei do cão!!! Homem só para pra pensar quando leva TOCO!!!


(Compartilhado de Desvendando os Homens)

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Não volta,,,



.. O tempo é algo que não volta atrás......
Por isso plante seu jardim e decore sua alma,
Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores ...

(William Shakespeare)

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Sempre aprendendo...


Utilize os reflexos do que tu vê para observar e reconhecer a si mesmo. Somos todos Um e outros são simplesmente reflexos de nós mesmos. Quando o espelho da tua vida não estiver embaçado, a reflexão do que tu vê lá fora, tornará-se limpa também. Tu atrai pra perto de si, semelhanças de quem tu é. Se cuide... viva uma vida leve... não digo que tudo sairá perfeito como tu quer que seja, ou imagina, que não será! Não ache que a vida tem que ser, ou será mar de rosas... porque isso não existe! Em primeiro lugar cuide de ti e seja verdadeiro contigo. Não queira, nem tente explicar demais, ou encontrar respostas pra certas coisas que acontecem. Seja justo sendo leal a ti... o resto com o tempo pode ser reorganizado e resolvido. É axiomático... quando tu aprende a se conhecer. Tu aprende também a reconhecer melhor as outras pessoas de sua volta.

Então...



[...]..Inevitavelmente iremos passar por determinadas situações adversas pelas quais seremos tentados a desistir, essas fases turbulentas fazem parte do ciclo da vida e colaboram para o nosso processo de maturidade. As tempestades virão trazendo consigo o desespero e seus temores, que se alojam dentro do coração. Parece que os dias ruins são mais alongados, a dor quando é lenta parece não ter fim. Mas assim como as estações, a vida tem seus estágios e cada temporada possui suas respectivas funções. Temos o outono, quando as árvores dão seus frutos, as folhas caem e são levadas pelo vento, temos o inverno rigoroso e seus agasalhos, aquela época que torcemos para que acabe logo e esperamos ansiosamente pela primavera, estação das flores que embelezam os jardins e trazem vida para os campos, então logo após vem o verão, e assim o círculo se repete. Semelhantemente é a vida e seus estágios peculiares, seus altos e baixos, suas flores e amores, alegrias e tristezas, dúvidas e inseguranças. Mas no fundo existe uma luz que nos impulsiona a acreditar em dias melhores, temos a esperança viva que as nossas leves e momentâneas dores são temporárias, assim como cada estação, pois Deus tem um tempo determinado para todo propósito...♪♫


sábado, 8 de fevereiro de 2014

Casamento -- Modo de Usar


Case-se com alguém que adore te escutar contando algo banal como o preço abusivo dos tomates, ou que entenda quando você precisar filosofar sobre os desamores de Nietzsche.
Case-se com alguém que você também adore ouvir. É fácil reconhecer uma voz com quem se deve casar; ela te tranquiliza e ao mesmo tempo te deixa eufórico como em sua infância, quando se ouvia o som do portão abrindo, dos pais finalmente chegando. Observe se não há desespero ou insegurança no silêncio mútuo, assim sendo, case-se.
Se aquela pessoa não te faz rir, também não serve para casar. Vai chegar a hora em que tudo o que vocês poderão fazer, é rir de si mesmos. E não há nada mais cruel do que estar em apuros com alguém sem espontaneidade, sem vida nos olhos.
Case-se com alguém cheio de defeitos, irritante que seja, mas desconfie dos perfeitinhos que não se despenteiam. Fuja de quem conta pequenas mentiras durante o dia. Observe o caráter, antes de perceber as caspas.
Case-se com alguém por quem tenha tesão. Principalmente tesão de vida. Alguém que não lhe peça para melhorar, que não o critique gratuitamente, alguém que simplesmente seja tão gracioso e admirável que impregne em você a vontade de ser melhor e maior, para si mesmo.
Para se casar, bastam pequenas habilidades. Certifique-se de que um dos dois sabe cumpri-las. É preciso ter quem troque lâmpadas e quem siga uma receita sem atear fogo na cozinha; é preciso ter alguém que saiba fazer massagem nos pés e alguém que saiba escolher verduras no mercado. E assim segue-se: um faz bolinho de chuva, o outro escolhe bons filmes; um pendura o quadro e o outro cuida para que não fique torto. Tem aquele que escolhe os presentes para as festas de criança e aquele que sabe furar uma parede, e só a parede por ora. Essa é uma das grandes graças da coisa toda, ter uma boa equipe de dois.
Passamos tanto tempo observando se nos encaixamos na cama, se sentimos estalinhos no beijo, se nossos signos se complementam no zodíaco, que deixamos de prestar atenção no que realmente importa; os valores. Essa palavra antiga e, hoje assustadora, nunca deveria sair de moda.
Os lábios se buscam, os corpos encontram espaços, mas quando duas pessoas olham em direções diferentes, simplesmente não podem caminhar juntas. É duro, mas é a verdade. Sabendo que caminho quer trilhar, relaxe! A pessoa certa para casar certamente já o anda trilhando. Como reconhecê-la? Vocês estarão rindo. Rindo-se.